APQC

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Agradecimento!

Nesta terça, 21 de junho, pesquisadores, profissionais de apoio à Pesquisa, funcionários públicos e alguns políticos se reuniram na Assembleia Legislativa de São Paulo para manifestar em favor dos Institutos Públicos de Pesquisa do Estado.

Com a liminar expedida na semana passada pelo Tribunal de Justiça, a comunidade científica aguarda agora o agendamento de assembleias com o Governo para a discussão da PL 328, que propõe a venda de diversos patrimônios do Estado utilizados para fins de Pesquisa.

A luta está apenas começando! Contamos com a sua participação nas próximas oportunidades. O nosso muito obrigado a todos que estão abraçando esta causa conosco! Vamos em frente!!!


Diretoria APqC

Manifestação dia 21/06/2016
Confira a cobertura exclusiva da TVT (Canal 8 São Paulo) sobre o Manifesto em favor dos Institutos de Pesquisa Públicos realizado ontem na ALESP.
Notícias!

A Agência Brasil também fez uma cobertura completa e exclusiva do nosso Manifesto. Nosso agradecimento especial à repórter Flavia Albuquerque pela matéria. Clique aqui

PESQUISADORES PROMOVEM MANIFESTO EM DEFESA DOS INSTITUTOS PÚBLICOS NO PRÓXIMO DIA 21, NA ALESP

Apesar da liminar expedida pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo no dia 7 de junho, que barra provisoriamente a alienação dos 79 imóveis do Estado, Associação dos Pesquisadores continua na luta para manter ativos os Institutos de Pesquisa. Clique aqui e saiba mais

Matéria  Revista Plasticultura - clique aqui


Matéria Frente em Defesa dos Institutos Públicos de Pesquisa discute PL 328/2016 - clique aqui

Petição pública

Caras e caros,
A petição pública em defesa da ciência e tecnologia públicas está com poucas
assinaturas, sugiro que intensifiquemos o trabalho de divulgação da mesma.
César Min to - Adusp
Clique no link abaixo para assinar

http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=manifestopelaciencia

URGENTE!

TJ barra projeto de Alckmin para alienação de 79 imóveis a R$ 1,4 bi
O desembargador Carlos Bueno, do Tribunal de Justiça de São Paulo, decretou liminarmente nesta terça-feira, 7, que seja sustado o processo legislativo de deliberação do Projeto de Lei 328/16, do governo Alckmin. A decisão judicial barra provisoriamente a alienação de 79 imóveis do Estado ao valor de R$ 1,43 bilhão.
CLIQUE E VEJA A MÁTERIA NA ÍNTEGRA


ABAIXO ASSINADO - Pólo Regional de Ribeirão Preto

Pesquisadores científicos do Polo Regional de Ribeirão Preto

Nós, pesquisadores científicos do Polo Regional de Ribeirão Preto da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, solicitamos sua ajuda em assinar o abaixo assinado e repassar para seus contatos em defesa da manutenção da área de pesquisa em Ribeirão Preto.Clique aqui para assinar

ABAIXO ASSINADO - ÁREAS DE PESQUISA CIENTÍFICA

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO QUER VENDER ÁREAS DE PESQUISA CIENTÍFICA - DIGA NÃO!!!
Pessoal, vamos divulgar entre nossos amigos esse link, no face, em e-mail, no whatt. Tem muita gente assinando, de outros estados, e muita gente do exterior. Nossos colegas professores das universidades quase todos assinaram. Precisaríamos de pelo menos 5000 assinaturas. Esta petição é muito importante e poderá fazer uso de nossa ajuda. Clique aqui para saber mais e assinar.




ABAIXO ASSINADO - CEA - Centro de Eng e Automação do I.A.C. - Jundiaí

Não a venda da área do CEA - Centro de Eng e Automação do I.A.C. - Jundiaí  - CLIQUE AQUI E ASSINE

 

Sobre a alienação de imóveis dos institutos de pesquisa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.
O Governador do Estado de São Paulo enviou à Assembléia Legislativa, em 14 de abril de 2016, o Projeto de Lei Nº328 de 2016, que visa à obtenção de autorização para a alienação de imóveis almejando “angariar fundos necessários a
mitigar a crise fiscal e a perda de arrecadação decorrentes do atual cenário macroeconômico vigente”, sendo que um dos meios disponíveis para conseguir os recursos necessários a esta manutenção é “a alienação de bens imóveis considerados inservíveis ou de pouca serventia ao exercício das atividades estatais no atual momento.
Clique aqui e veja a carta da APQC

Comunidade científica faz manifestação contra alienação de imóveis públicos
Pesquisadores dizem que institutos estão sendo prejudicados por falta de apoio do Estado
Da Redação Fotos: Maurício Garcia de Souza
Carlos Giannazi fala no ato público
Em ato público realizado nesta terça-feira, 10/5, parlamentares e representantes de entidades ligadas aos trabalhadores de institutos públicos de pesquisa se manifestaram contrários ao Projeto de Lei 328/2016, do Poder Executivo, que autoriza a venda de imóveis do Estado.
Clique aqui e veja a matéria na íntegra

Ato de 10/05/2016 - Pela continuidade da Pesquisa e contra a alienação de bens do Estado

Release do Pós Ato de 10/05/2016 - Pela continuidade da Pesquisa e contra a alienação de bens do Estado - Clique aqui

Moção do Vereador de Campinas Pedro Tourinho - clique aqui


Dia,
10 de maio, realizamos o Ato em Defesa do Patrimônio Público. Compartilho com vocês matéria da EBC que resgata um  pouco do que foi a atividade e o documento da Associação dos Pesquisadores Científicos que resume a posição sobre o PL 328/2016.

A próxima reunião da Frente Parlamentar em Defesa dos Institutos Públicos de Pesquisa e Fundações Públicas do Estado de São Paulo está agendada para o dia 24 de maio, terça-feira, às 10h no plenário Tiradentes.

A TV ALESP cobriu o ato e pode ser assistido hoje pela televisão no jornal das 19:30. A Agência Brasil também esteve presente e publicou a matéria que compartilhamos abaixo:

Venda de imóveis públicos provoca protestos da comunidade científica em SP

http://agenciabrasil.ebc.com.br/pesquisa-e-inovacao/noticia/2016-05/venda-de-imoveis-publicos-de-pesquisa-cientifica-provoca


"O presidente da associação, Joaquim Adelino de Azevedo Filho, disse que recebeu a notícia sobre o projeto de lei com surpresa, porque tudo foi elaborado sem consulta aos profissionais de  diversas áreas no estado, especialmente no interior. “Tudo foi colocado à venda sem conhecimento, e sem saber o que realmente é feito nessas áreas. São feitas pesquisas na agricultura e agropecuária, que não poderiam ser interrompidas. Nós queremos barrar esse projeto e pedir que o governador converse conosco."


14/05/2016 - A Ciência Inútil de Alckimin - Clique aqui

GALERIA DE FOTOS
VÍDEO ATO 10/05/2016

Bem Vindo!!


Fundada em 2 de agosto de 1977, a Associação dos Pesquisadores Científicos do Estado de São Paulo - APqC - é uma sociedade civil sem fins lucrativos, com sede e foro na cidade de São Paulo.

A APqC tem como missão a defesa da pesquisa científica, dos Institutos de Pesquisa do Estado de São Paulo e dos seus recursos humanos, pesquisadores científicos e pessoal de apoio à pesquisa.

Associe-se!


Quem pode ser sócio?
Pesquisadores Científicos em Regime de Tempo Integral – RTI, ativos, aposentados e pensionistas abrangidos pela  Lei Complementar Estadual N° 125/75.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal