Com o objetivo de utilizar a literatura para apresentar às crianças seu campo de estudos, a nematologia, o pesquisador Cláudio Marcelo de Oliveira, do Instituto Biológico (IB-Apta), acaba de escrever um livro que explica conceitos científicos de maneira acessível para o público infantil. A obra contou com a parceria de sua filha, a ilustradora Ana Cecília Oliveira.

“Procurando Nemas”, o livro, combina texto e imagens para mergulhar na temática dos nematoides. Nele, os autores abordam a identificação e classificação desses organismos, além de sua distribuição geográfica. A história se desenvolve a partir da perspectiva de uma criança que, guiada por sua professora, explora esse fascinante mundo.

“Sempre tive a percepção de que o conhecimento sobre os nematoides raramente é difundido entre o público infantil. Assim, sentia que havia a necessidade de levar esse conhecimento como forma de educação básica”, relata Cláudio Marcelo. Apesar de pensar sobre o assunto há muitos anos, o pesquisador diz que o plano só se concretizou a partir da participação da filha. “Ela captou as ideias, deu dinâmica ao texto e, de forma brilhante, promoveu a ilustração do livro”, ressalta.

Ana Cecília conta que sempre se encantou com a literatura infantil e por isso não teve dúvida em se aprofundar na área durante a graduação em Artes Visuais. Acostumada desde cedo aos nematoides – além do pai, a mãe também é nematologista – foi questão de tempo para que a jovem unisse as duas coisas. “Percebi que a nematologia era um campo pouco conhecido pelo público em geral. Por isso, acredito no potencial da arte, especialmente da ilustração, para disseminar esse conhecimento de forma dinâmica e cativante”, afirma.

Conforme explica o pesquisador do IB, mais do que apenas uma curiosidade, o tema do livro tem implicações reais e relevantes na nossa vida. “Os nematoides são organismos fundamentais para a ecologia do solo e que exercem um impacto significativo na agricultura do nosso país, mas ainda carecem de reconhecimento”, diz. Oliveira ensina que esses organismos vivem no solo de diferentes habitats e parasitam as plantas, causando danos às principais culturas agrícolas de diversos países (a nível mundial, estimam-se prejuízos anuais da ordem de US$125 bilhões). Apesar de consideráveis, ele diz que as perdas tendem a ser subestimadas pelos agricultores e até mesmo por autoridades governamentais. Daí a necessidade de permanente conscientização da população sobre a importância econômica do tema. “Dessa forma, um dos objetivos do livro Procurando Nemas é trazer informações a respeito dos nematoides para um público amplo que não tem conhecimento desse assunto, principalmente o público infantil”, pontua.

Indo além da nematologia, o especialista acredita que estar em contato com obras de divulgação científica adaptadas para sua faixa etária pode ser uma forma de estimular crianças e adolescentes a se interessarem por ciência e até mesmo a, um dia, se tornarem cientistas. “Para se ter um futuro de pesquisa é preciso incentivar o interesse dos jovens desde cedo. Por essa razão, os livros ilustrados são uma excelente forma de despertar o interesse do público infantil, por meio de uma forte parceria entre artista e cientista”, conclui.

Lançamento

O lançamento oficial da obra acontece em setembro, na abertura do Congresso Brasileiro de Nematologia, em Foz do Iguaçu (PR), em comemoração aos 50 anos da Sociedade Brasileira de Nematologia (SBN). Graças ao patrocínio das empresas JCO, Omex e Corteva e apoio da SBN e Instituto Biológico, a distribuição do livro será gratuita. Junto com a versão em português, a obra também será disponibilizada online em inglês.

Fonte: Comunicação APTA e IB

Compartilhar: